Como criar amuletos, talismãs e patuás

segunda-feira, julho 13, 2020

DIY como fazer amuletos, talismãs ou patuás

Eu sempre tive essa dúvida: como posso criar um amuleto, talismã ou patuá? Será que eu posso comprar um pingente e consagrá-lo a fim de tornar meu talismã?

Ah e sim, pra mim os três é a mesma coisa, pois todos possuem a mesma finalidade: proteger e / ou atrair a energia que você deseja, com pequeníssimas diferenças.


Há infinitas formas de se fazer um amuleto!


Os amuletos geralmente são feitos de cristais e coisas vindas da natureza, como terra, ossos de animais, dentes e unhas, pedaços de madeira e ervas. Não são modificados pelos seres humanos, apenas são colhidos da natureza, consagrados e usados para o fim que se deseja, sem o uso de feitiços.

Já os talismãs são pingentes que são manipulados para atrair aquilo que se deseja usando símbolos de poder, como o pentagrama, a estrela de Davi, um deus específico, um animal, a representação de um elemental, cristais, ervas e outras partes orgânicas de animais como unhas, ossos, pêlos, etc. 

Igual ao amuleto, porém manipuladas magicamente para que aquele amuleto traga a tal energia ao seu proprietário.

Servem de acordo com a finalidade que a(o) bruxa(o) deseja. Se você deseja sorte, talvez um talismã com anis estrelado, um olho de tigre ou um trevo de 4 folhas seja ideal.

Se você deseja amor, o ideal já é usar um quartzo rosa, uma pétala de rosa dentro de um vidrinho, a imagem da deusa Vênus, enfim, tudo irá depender da necessidade e do direcionamento da(o) bruxa(o).

Para proteção, o ideal é: pentagrama, uma imagem de um animal como uma águia, um cristal de olho de tigre, uma jaspe vermelha ou uma vassoura de bruxa, hematita, etc. Você pode usar símbolos famosos também como o olho grego, a figa, o elefante, etc.

O legal é que os amuletos e talismãs sejam usados no pescoço ou no chakra que coincida com a sua necessidade. Em questões emocionais, é interessante colocar no chakra coronário (na altura do coração). Já em questões ligadas ao ego e o mundo material, no plexo solar (na altura do umbigo)

Dá para criar infinitos amuletos, de diversos materiais, cores e formas, tudo vai depender do seu conhecimento na magia e da sua criatividade.

Para que serve o patuá?

O patuá já é o talismã usado na umbanda e no candomblé que só muda pelo fato dele ser um no formato de saquinho costurado e, geralmente, nas religiões é dedicado ao orixá regente da pessoa. 

Você precisa apenas de tecido, geralmente da cor que atraia o tipo de energia que você deseja e adicionar ervas e sementes dentro, costurando-o e deixando próximo de você para proteção. 

Este você pode guardar em um lugar discreto, como na bolsa, no bolso ou na carteira e ninguém saberá da sua proteção.

Por que é melhor que as pessoas NÃO saibam que você está usando um amuleto, talismã ou patuá?

Simplesmente não sabemos quem é invejoso e falso conosco. Às vezes, a pessoa paga de boazinha, de amiga, mas na verdade ela está torcendo pela sua derrota. Infelizmente há muita gente ruim neste mundo, então não confie em ninguém, mesmo no melhor amigo que você tiver.

Infelizmente, nem nós mesmos estamos livres de sentir inveja e raiva ou qualquer sentimento negativo ao ver que "a grama do vizinho tá mais verde que a sua". Mesmo que a pessoa não lhe queira mal, só o fato dela se sentir infeliz com a vida dela pode influenciar energeticamente na reação dela e atingir você.

Às vezes, não é seu amigo que lhe quer mal, mas o amigo do seu amigo, um parente, o pai dele. Portanto, boca fechada! É a melhor forma das coisas darem certo. Feche a matraca e deixe a vida fluir. 🖤

Como consagrar o amuleto?

Você pode abrir o círculo mágico e consagrar segurando o amuleto e energizando-o com um incenso de arruda, vela branca ou na água limpa e corrente, caso seu amuleto não seja um patuá e possa ser molhado.

Para o talismã, será necessário um feitiço para fixar o seu desejo no pingente e atrair aquilo que você deseja. Para não estender o texto, irei escrever o feitiço em breve e colocar o link aqui.

Para o patuá, você pode usar o incenso, mas para quem é da umbanda ou do candomblé, há um ritual que é específico para oferecer o patuá ao orixá regente. Há também outros pré requisitos para oferecer o patuá. Aí neste caso, é necessário fazer no terreiro.

Viu como é fácil? A magia é sempre mais simples do que imaginamos. Espero ter ajudado com essas informações. Se você gostou, compartilhe o card abaixo no Pinterest ou compartilhe nas redes sociais.


Obrigada por ter lido! Se você curtiu, não deixe de compartilhar nas redes sociais. Beijocas e até o próximo post!

COMPARTILHE


Você também irá gostar de ler ♥

0 comentários

A cópia total, parcial ou adaptação deste artigo é proibida de acordo com a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Não copie, compartilhe! Dê valor ao conteúdo gratuito de qualidade.

Comentários de mau gosto serão EXCLUÍDOS.

ANÚNCIO

Follow by Email