Sobre o GRYMORA

Meu nome é Gabi. Tenho atualmente 24 anos (sou de 1996), nascida e criada em São Paulo, SP. 

Uma canceriana com lua em virgem e ascendente em aquário, com vênus e marte em gêmeos, imagina só esse contraste! Acrescente um mercúrio em leão na casa 6!



Sou bruxa natural sem medo de assumir isso, desde que me entendo como gente, mas comecei a me interessar pelo assunto a fundo desde 2014. 

Estudo tarot, baralho cigano, astrologia, magia e tudo que ronda o universo esotérico. 

Sou uma bruxa natural e eclética, assim como as minhas raízes, todos sabem que assim como uma brasileira nata, sou mestiça, não poderia eu ser uma coisa só. 

Então não se assustem se eu misturar termos do candomblé e umbanda com a bruxaria tradicional europeia e xamanismo no mesmo post.

Sou blogueira das antigas! 

Escrevo em blogs desde quando eu era criança (desde quando ninguém sabia o que era um blog)

O tarot eu conheci por curiosidade, pois sempre amei astrologia, ocultismo e magia, desde criança. Era daquelas crianças que pegava revistas do João Bidu para ler, hahaha. Fadas, gnomos e espíritos sempre foram meus assuntos prediletos.

Também sempre tive a mediunidade aflorada para o mundo espiritual sem saber o motivo. Então ter acesso aos oráculos foi como um divisor de águas na minha vida. 

Descobri não só a minha mediunidade, mas o meu propósito de vida, que é ajudar e aconselhar pessoas usando da minha intuição e sensibilidade. Sou uma ponte entre o mundo físico e o espiritual.

Porém só iniciei os estudos com o baralho cigano (antes do tarot), em 2014 e, a partir daí, nunca mais parei.

Estudo assiduamente o tarot, os oráculos e o baralho cigano todos os dias e minha meta é continuar se aperfeiçoando mais e mais.

O mundo da bruxaria conheci em 2013, mas nunca pertenci a um coven específico ou a uma assembleia. Me identifico bastante com a bruxaria tradicional, mas estou mais próxima da bruxaria natural mesmo, haha!

Sempre fui uma bruxa solitária e não acho que isso interfere na execução da Arte, pelo contrário, faz você mergulhar ainda mais profundamente na sua própria espiritualidade.

Confesso que sou um pouco antissocial apesar de não parecer, até um pouco tímida também para conhecer gente nova, não vou negar. Então minha jornada espiritual é consequentemente mais introspectiva, independente e solitária.

Amo ficar sozinha e acho que a solitude é uma dádiva que todos deveriam experimentar. É um exercício diário de autoconhecimento e compreensão da própria existência! 

Mas ao mesmo tempo amo meus amigos, adoro sair, rir, falar bobeira e conversar bastante também, sou uma pessoa dinâmica!

Sou apaixonada por modificações corporais, por moda alternativa e por coisas diferentes, tudo que foge do padrão ou que causa estranhamento me fascina (olá ascendente em aquário). 

Aliás, sou fã de heavy metal, mas de música flamenca também. 

Já dancei jazz e ballet clássico e agora faço dança do ventre e dança cigana, futuramente aprendiz de flamenco! 

Sou uma eterna amante das artes.

Como você pode notar, sou um ser humano como você, errante, de carne e osso! Portanto, nada de estereótipos ou qualquer forma de elitização por aqui.


Aliás, eu não pretendo ser guru de ninguém. Estamos todos no mesmo barco e o destino é a evolução e compreensão da própria existência!


Enfim, espero que o blog te inspire a ser alguém melhor e seja útil para você! Esse é o meu objetivo aqui. 

Se ele conseguiu melhorar o seu dia, te deu uma ideia, despertou algum novo interesse, para mim já valeu a pena!

Deixo abaixo as redes sociais do blog para você conhecer ou caso quiser me mandar um email ou algum direct:


Atenção: detesto redes sociais, apesar de ter. Mas eu juro que não mordo, fique à vontade! Confesso que uso mais o pinterest e instagram, portanto se você quiser entrar em contato por estes meios! 

Sobre o blog

O nome GRYMORA é um derivado de "grimóra" (Γριμόρα em grego), que em significa literalmente "grimório". Porque é isso que este blog é! 

Um grimório aberto. 

O intuito do GRYMORA (lê-se GRIMÓRA) é trazer informação rica, acessível e de qualidade sobre magia, bruxaria natural e esoterismo em geral, para todos que se interessam pelo mundo da espiritualidade, sendo um local público de aprendizagem e compartilhamento de ideias. 

Estou aprendendo constantemente, então utilizo deste local como um grimório público, a fim de informar e armazenar informações relevantes para quem pratica magia natural.

Bastante coisa do que posto aqui são provenientes do meu grimório pessoal ou da minha trajetória pessoal de aprendizagem, afinal o conhecimento só vale a pena quando pode ser compartilhado!

Aprendo, crio, faço testes e ensino o que funciona comigo e com amigos por aqui. 

Também estou em constante aprendizado então vou adicionando tudo que acredito ser importante por aqui.

A maioria dos feitiços que você encontrará por aqui foi eu quem criei, depois de muito estudo sobre ervas, plantas, cristais. 

Outros vou adaptando para a nossa realidade de bruxa periférica né mores?

Eu acredito na democratização deste conhecimento milenar!

Afinal, a bruxaria não é um dom. Todos nós podemos ser bruxos, desde que você se dedique e estude para isso. 

Alguns nascem com um inclinação natural porque possuem uma sensibilidade mais aflorada, mas isso não significa que você não possa desenvolver a sua. Todos nós temos capacidades para isso.

E não existe essa coisa de "iniciação" para praticar bruxaria, porque bruxaria não é religião, mas sim um estilo de vida! Você pode sim ser bruxo e pertencer a outra religião e nunca ter sido "iniciado".

A iniciação na bruxaria, principalmente na Wicca, é uma celebração simbólica de que você irá se dedicar a isso daqui para a frente, como um sacerdote. 

E não, não é necessária se você não deseja ser wiccano. Seria o equivalente a um batismo ou crisma na igreja católica, percebe?

Ser iniciado ou pertencer a uma religião específica não te torna melhor do que ninguém. 

Se você pensa assim, você é elitista e provavelmente a bruxaria não é o seu lugar... Talvez você precise trabalhar mais o seu ego também.

Não há uma uma hereditariedade relacionada a bruxaria natural, porque como já disse, a bruxaria não é uma religião. 

Para ser um bruxo natural você precisa dessas 5 coisas:

  • Amar a natureza incondicionalmente e respeitá-la
  • Ser autodidata
  • Ter humildade
  • Gostar (muito) de aprender e estudar
  • Se dedicar constantemente

É isso! Procure aprender sempre! A gente NUNCA saberá de tudo! E não procure gurus, se informe e beba de diversas fontes. 

Reforçando: não pretendo ser guru de ninguém aqui. 

Meu objetivo é compartilhar conhecimento. Aprender e ensinar.

A bruxaria é linda porque é livre de dogmas ou de hereditariedade por parte de humanos tão errôneos quanto nós mesmos.

Podemos até saber bastante coisa, mas jamais tudo. O universo é uma constante incógnita e todos os dias estou em processo de constante evolução. Nunca saberei tudo!

Espero que goste do blog. Aproveite ao máximo, estude ao máximo. 

Obrigada por ter lido e por visitar este cantinho. Aproveite para curtir a página e continuar acompanhando o blog!

Beijos!