Consulta de tarot!

O que é a Lei Tríplice na Bruxaria?

sexta-feira, fevereiro 02, 2024

Hoje vamos explorar um conceito fundamental dentro da Wicca: a Lei Tríplice. Sim, é na Wicca mesmo, não na bruxaria natural. Essa lei, muitas vezes citada na prática mágica, tem raízes profundas e originárias na espiritualidade wiccaniana. Vamos entender melhor o que é, de onde ela veio, por que foi criada, e como se relaciona com a bruxaria e o que nós bruxos fora da Wicca tem a ver.


O que é a Lei Tríplice na Bruxaria e na Wicca?


De onde veio a Lei Tríplice?

A Lei Tríplice tem suas origens nas tradições da Wicca, uma religião neopagã moderna desenvolvida por Gerald Gardner e Doreen Valiente no século XX. Criada como uma expressão da ética wiccana, a ideia por trás da Lei Tríplice é enfatizar a responsabilidade pessoal nas práticas mágicas e a compreensão de que nossas ações têm consequências. 

A sociedade tinha e ainda tem uma imagem muito negativa que a bruxaria é usada sempre para o mal e, por isso, eu acredito (opnião minha, tá?) que eles criaram essa lei para trazer uma imagem mais positiva e relax a bruxaria para a sociedade da época, porque ao paramos para pensar, essa lei lembra muito algumas práticas cristãs, não acha? 

A bruxaria sempre foi neutra. Não há lado só bom ou só ruim, mas se hoje ainda pega mal falar que é bruxo, imagina em 1954? Compreensível!

O que é a Lei Tríplice

A Lei Tríplice afirma que toda a energia que emitimos, seja ela positiva ou negativa, retorna para nós três vezes mais forte. Em outras palavras, as ações e intenções que colocamos no universo retornarão 3 VEZES melhores ou piores para você. Tudo vai depender da sua ação.

Se realizarmos ações benevolentes e enviamos boas energias ao universo, seremos agraciados com energias positivas em retorno. Da mesma forma, se nossas ações forem negativas, a energia negativa se multiplicará em nossa vida. É uma maneira de enfatizar a responsabilidade pessoal e as consequências de nossos atos.

A Perspectiva da Bruxaria Natural:

Na bruxaria natural, que muitas vezes está associada a práticas mais ecléticas e menos dogmáticas, a opinião sobre a Lei Tríplice pode variar, pois isso é uma visão da religião wiccana e, se você não sabe: bruxaria e wicca não são a mesma coisa. 

Alguns praticantes veem isso como uma ferramenta útil para focar em ações positivas, enquanto outros podem adotar uma abordagem mais flexível em relação às consequências. Afinal, tem muita gente que só faz coisa errada se dando bem e muita gente de coração se lascando por aí.

É importante lembrar que cada tradição e praticante pode interpretar e aplicar a Lei Tríplice de maneira única. Alguns bruxos a veem como uma lei literal do universo, enquanto outros a encaram mais como uma diretriz ética (o que é legal) enquanto outros não acreditam (meu caso).

E vocês, o que pensam sobre a Lei Tríplice? Como ela se encaixa em suas práticas? Compartilhem suas experiências nos comentários! Até o próximo post! 🌙🔮✨

Gostou do conteúdo?


Não copie, compartilhe nas redes sociais usando esses botões abaixo, dê uma forcinha para valorizar o conteúdo do Grymora. Aproveite também e veja o conteúdo restante do blog. Temos simpatias, feitiços, tabelas de ervas e muito mais. Sobrou alguma dúvida? Comente no final deste post!



PS: Não deixe de acompanhar nossa página do instagram, onde posto tiragens coletivas semanalmente e no Youtube. Aproveite e curta nossa página no Facebook para ficar sabendo das novidades em primeira mão!

📝 Postado por Gabi

Sou a fundadora deste cantinho especial chamado Grymora, desde 2020. Taróloga e bruxa natural apaixonada pelo mundo da escrita desde 2008.



Você também irá gostar de ler ♥

0 comentários

A cópia total, parcial ou adaptação deste artigo é proibida de acordo com a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Não copie, compartilhe! Dê valor ao conteúdo gratuito de qualidade.

Comentários de mau gosto serão EXCLUÍDOS.