Consulta de tarot!

Com qual tarot devo começar a estudar?

sábado, fevereiro 03, 2024

Hoje vamos falar de tarot, e responder uma dúvida que toda pessoa iniciante ou interessada em tarot me pergunta: como iniciar seus estudos, como escolher o deck perfeito para iniciantes e entender o método mais eficaz para aprender. Vamos lá! 🌙🔮✨

Com qual tarot devo começar a estudar?


Iniciando os Estudos: Por Onde Começar?

Antes de qualquer coisa, a espiritualidade e o tarot estão intrinsecamente ligados. Recomendo explorar sua espiritualidade antes de estudar o tarot, pois isso proporcionará uma compreensão mais profunda e uma leitura mais enriquecedora. 

Aprofundar-se em áreas relacionadas, como simbologias, astrologia, numerologia e magia, enriquecerá suas leituras. Quanto mais você compreende o contexto esotérico, mais rica e precisa se torna sua interpretação das cartas. E nem estou falando de religião, mas de sabedoria. 


E se eu já tenho base? 

A melhor forma de começar a se familiarizar com o tarot é iniciar com os Arcanos Maiores. Essas cartas representam arquétipos significativos e temas universais. Ao compreender profundamente cada Arcano Maior, você estará construindo uma base sólida para suas leituras futuras.

Minha dica? Tire uma carta por dia para si mesma(o). 

Não como uma rotina mecânica, mas como um momento de conexão e reflexão. Isso permitirá que você absorva o significado das cartas de maneiras diversas, sem depender rigidamente de interpretações pré-definidas.


O Melhor Deck para Iniciantes

Existem diversos decks de tarot disponíveis, cada um com sua própria estética e simbologia. Para iniciantes, recomendo escolher um deck tradicional, como o Rider-Waite, que é rico em simbolismo e amplamente utilizado. As imagens claras e os elementos simbólicos facilitarão seu aprendizado. Evite o tarot de marselha no início, pois atrapalha bastante por não ter imagens nos arcanos menores.


O Método de Estudo Ideal

Em vez de focar na memorização mecânica, busque compreender o significado mais profundo de cada carta. Entenda as histórias por trás dos Arcanos Maiores, explore suas conexões simbólicas e mergulhe nas nuances de cada carta. Isso permitirá que suas leituras sejam mais intuitivas e pessoais. 

Em resumo, o tarot é uma jornada pessoal e espiritual. Dedique tempo para absorver a essência das cartas, escolha um deck que ressoe com você, e nunca subestime o poder do entendimento profundo sobre simples memorizações. 

Estamos todos em constante aprendizado, então aprenda na sua velocidade e no seu tempo, mas jamais deixe de aprender.]

Compartilhe suas experiências e dúvidas nos comentários. Até o próximo post! 🌙🔮


Gostou do conteúdo?


Não copie, compartilhe nas redes sociais usando esses botões abaixo, dê uma forcinha para valorizar o conteúdo do Grymora. Aproveite também e veja o conteúdo restante do blog. Temos simpatias, feitiços, tabelas de ervas e muito mais. Sobrou alguma dúvida? Comente no final deste post!



PS: Não deixe de acompanhar nossa página do instagram, onde posto tiragens coletivas semanalmente e no Youtube. Aproveite e curta nossa página no Facebook para ficar sabendo das novidades em primeira mão!

📝 Postado por Gabi

Sou a fundadora deste cantinho especial chamado Grymora, desde 2020. Taróloga e bruxa natural apaixonada pelo mundo da escrita desde 2008.



Você também irá gostar de ler ♥

0 comentários

A cópia total, parcial ou adaptação deste artigo é proibida de acordo com a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Não copie, compartilhe! Dê valor ao conteúdo gratuito de qualidade.

Comentários de mau gosto serão EXCLUÍDOS.