Bruxas existem? Tudo sobre a bruxaria natural!

domingo, julho 31, 2022

Muta gente se assusta quando digo que sou bruxa. Normalmente acham que estou doida, acham que eu transformo pessoas em sapos ou acham que sou satanista. E o mais engraçado é que o bruxo nem acredita em satanismo! Na verdade, o satanismo não tem nada a ver com a bruxaria.


Mas por conta dos filmes de Hollywood retratarem uma imagem estereotipada da bruxa feia, velha e maldosa, todo mundo tende a ter um pouco de medo da bruxaria. Infelizmente, isso contribui para o preconceito e discriminação e só piora a imagem da bruxaria.

Então, trouxe este post para os curiosos, simpatizantes e até mesmo para os preconceituosos entenderem que sim! Bruxas existem, mas não da forma que vocês vêem na televisão.


O que é ser bruxa?

Uma bruxa, normalmente é uma mulher (ou homem também, sendo um bruxo) que tem práticas vinculadas a natureza, ou seja, costuma utilizar os poderes e energias da natureza para manipular o ambiente e a si mesma.


Isso significa que fazemos feitiços e rituais utilizando as forças da natureza. E é por isso que usamos também o pentagrama.


O pentagrama para a gente simboliza os 5 elementos naturais: água, terra, ar, fogo e a quintessência, que seria o poder da alma. Isso é a grosso modo no que se baseia a bruxaria. E o pentagrama não tem nada de diabólico nele, muito pelo contrário, é um símbolo mágico de equilíbrio e proteção. Não precisa ter medo do pentagrama.

Também utilizamos de ervas, flores, pedras e cristais, terra, fogo, água e ar, incensos e velas para manipular essas energias.

E é por isso também que utilizamos um caldeirão. É nele que podemos misturar nossas ervas e ingredientes para criar banhos mágicos, poções ou até mesmo comidas gostosas.

E não, a bruxaria não transforma ninguém em sapo, não soltamos fireworks quando estamos cozinhando algo no caldeirão, muito menos voamos em vassouras. Na verdade, a bruxa vive como qualquer outra pessoa, a única diferença são suas crenças pessoais e sua forma de ver o mundo.

Para as bruxas, a natureza é seu maior deus, e somos parte da natureza. Não somos donos dela, e sim o contrário, nós que somos parte da própria.

E também não fazemos mal a animais de estimação, nem pessoas. Nossos rituais não existem sacrifícios animais ou qualquer tipo de maldade com animais, pelo contrário, a maioria das bruxas são aversas a qualquer tipo de maldade com seres da natureza. Nosso papel é cuidar dos bichinhos, não matá-los.

Algumas bruxas são veganas, outras não são, mas rituais e sacrifícios animais não são parte da bruxaria como um todo. E por falar em comida, nossos rituais são cheios de comida gostosas, tortas, bolos, sopas, vinho e muita alegria.

Nossos rituais as pessoas cantam, dançam e oram para que boas energias sejam emanadas para todos naquele espaço. Muita gente acha que os rituais das bruxas são "orgias", mas isso não passa de um preconceito. Pode até ser que exista algumas vertentes que cultuam esse tipo de prática, mas tenho certeza que a maioria esmagadora não faz isso.

Os rituais são momentos de fartura de comida, dança e canto para todos os envolvidos, por isso que temos vários rituais voltados para as estações do ano e as fases da lua.

Inclusive a lua na bruxaria é muito importante, porque ela representa o sagrado feminino. O sagrado feminino é uma das coisas mais importantes entre as bruxas, já que nós mulheres temos o poder de gerar vidas dentro de nós mesmas. Por isso, as fases da lua são muito importantes para as mulheres, principalmente se você for do signo de câncer como eu.

Amamos astrologia, oráculos, numerologia, necromancia e outros conhecimentos místicos que auxiliam nossa jornada de autoconhecimento.

Enfim, como você pode notar, a bruxaria é uma crença pagã que não tem nada de satânico ou diabólico e mal. A gente só quer ser feliz com nossas comidas, cházinhos e nossas velas acesas para trazer amor, paz e atrair espíritos de luz para nós.

E sim, acreditamos em espíritos, deuses, fadas, duendes, gnomos. Alguns bruxos acreditam em todos, outros nem tanto, mas sempre estamos arrodeados de elementais, espíritos e energias diferentes.

Enfim, este é um resumo sobre a bruxaria no meu ponto de vista. Isso não é nem 10% do que toda a bruxaria é, suas vertentes e sua origem. Se você deseja conhecer mais, da uma olhada aqui no blog que você vai conhecer muita coisa bacana sobre a bruxaria.


Até o próximo post!

🔮 Quer se tornar uma taróloga profissional?


Eu não dou cursos de tarot, mas recomendo alguns que são excelentes sempre. Conheça alguns dos melhores cursos de nossos parceiros afiliados, que escolhi com muito carinho e muita atenção para você.



Gostou do conteúdo?


Não copie, compartilhe nas redes sociais usando esses botões abaixo, dê uma forcinha para valorizar o conteúdo do Grymora. Aproveite também e veja o conteúdo restante do blog. Temos simpatias, feitiços, tabelas de ervas e muito mais. Sobrou alguma dúvida? Comente no final deste post!



PS: Não deixe de acompanhar nossa página do instagram, onde posto tiragens coletivas semanalmente e no Youtube. Aproveite e curta nossa página no Facebook para ficar sabendo das novidades em primeira mão!

📝 Postado por Gabi

Sou a fundadora deste cantinho especial chamado Grymora, desde 2020. Taróloga e bruxa natural apaixonada pelo mundo da escrita desde 2008.



Você também irá gostar de ler ♥

0 comentários

A cópia total, parcial ou adaptação deste artigo é proibida de acordo com a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Não copie, compartilhe! Dê valor ao conteúdo gratuito de qualidade.

Comentários de mau gosto serão EXCLUÍDOS.