Feitiço de devolução para devolver pragas e maldições

sábado, maio 21, 2022

Esse feitiço é muito sério e deve ser feito com MUITA responsabilidade. Lembre-se de que a magia possui a lei do retorno, então cuidado para não pesar a mão na retribuição a ponto de virar uma magia "negra", ok?


Feitiço de devolução para devolver pragas e maldições



O feitiço de devolução é para quando você sabe que alguém fez ou faz algum tipo de magia ou intenções contra você por motivos desconhecidos. Talvez a pessoa não goste de você ou tem inveja e busca diversas formas de te destruir emocional, financeira, mental e espiritualmente.

Isso acarreta em muitos danos que chegam até serem físicos, como perda da saúde física e mental, situações negativas que acontecem sem um motivo explicável.


Então se você sabe quem é a pessoa que faz ou tenta fazer, o feitiço fica mais forte, mas se você não sabe quem é não tem problema, porque você vai devolver para quem originou tal energia.

Ah mas isso é magia negra?

Não, não é! Na verdade, magia é considerada maléfica quando alguém manda energias negativas para outra pessoa sem um motivo específico. O que você vai fazer aqui é devolver, não criar novas energias. Portanto, bora para os ingredientes do feitiço.

Você vai precisar de:

  • 1 vela roxa
  • O nome completo da pessoa
  • 1 punhado de sal grosso
  • 1 colher de anil
  • 1 incenso de arruda ou sal
  • 1 athame ou faça de ponta
  • Melhor lua: minguante
  • Melhor dia: segunda ou sábado
  • Melhor horário: qualquer hora
  • Dificuldade: 🌕🌕🌕🌕🌑

Como fazer:

Inicie o processo purificando o ambiente que você pretende realizar o feitiço. Use o incenso para abrir o círculo mágico em sentido horário.

Aberto o círculo, evite sair dele ok? Por isso, faça um círculo que você possa ficar confortável dentro. Sente-se e escreva o nome da pessoa na vela usando o athame. Se não souber o nome da pessoa, escreva "pessoa anônima maléfica" na vela ou apenas "anônima".

Pegue o sal, misture com o anil e coloque ao redor da vela roxa colada no pires. Segure a vela e vá falando tudo que essa possível pessoa lhe causou negativamente e peça ao universo que devolva a esta pessoa todo o mal que lhe causou.

Você pode falar um encantamento como:

Que seja devolvida qualquer praga ou maldição que esse ser tenha me causado. Esta energia não pertence a mim, portanto estou devolvendo tudo aquilo que não me pertence a quem criou.

Por fim, fique segurando a vela e mentalizando os miasmas e energias negativas que estejam em você passando para a vela. Agora a vela está com toda aquela energia negativa canalizada. Deixe a vela queimar até o final, faça com que a vela desapareça, por isso, evite colocar a vela em locais que ventam, para que ela não derreta de forma errada.

Quando a vela queimar, pegue o que sobrar, misture com o sal e o anil e jogue no lixo. Está feito o feitiço. Agora aguarde novidades e uma melhorada nas energias negativas. Recomendo que você tome um banho de alecrim após realizar esse feitiço, já que ele drena muito de nós.

É isso, espero ter ajudado! Curtiu? Já fez este feitiço? Comenta abaixo a sua experiência! Sobrou dúvida? Comenta também!

🔮 Quer se tornar uma taróloga profissional?


Eu não dou cursos de tarot, mas recomendo alguns que são excelentes sempre. Conheça alguns dos melhores cursos de nossos parceiros afiliados, que escolhi com muito carinho e muita atenção para você.



Gostou do conteúdo?


Não copie, compartilhe nas redes sociais usando esses botões abaixo, dê uma forcinha para valorizar o conteúdo do Grymora. Aproveite também e veja o conteúdo restante do blog. Temos simpatias, feitiços, tabelas de ervas e muito mais. Sobrou alguma dúvida? Comente no final deste post!



PS: Não deixe de acompanhar nossa página do instagram, onde posto tiragens coletivas semanalmente e no Youtube. Aproveite e curta nossa página no Facebook para ficar sabendo das novidades em primeira mão!

📝 Postado por Gabi

Sou a fundadora deste cantinho especial chamado Grymora, desde 2020. Taróloga e bruxa natural apaixonada pelo mundo da escrita desde 2008.



Você também irá gostar de ler ♥

0 comentários

A cópia total, parcial ou adaptação deste artigo é proibida de acordo com a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Não copie, compartilhe! Dê valor ao conteúdo gratuito de qualidade.

Comentários de mau gosto serão EXCLUÍDOS.