O tarot é perigoso? Tarot é do mal? Saiba tudo aqui!

quinta-feira, março 24, 2022

Muita gente se espanta quando eu falo que estudo tarot há quase 9 anos, porque as pessoas associam o tarot com o diabo ou com algo "negativo", mesmo sem nunca ter ido pesquisar sobre o assunto, sequer compreender qual é a sua função.

Mal sabem elas que o tarot é um excelente instrumento de autoconhecimento e auto análise, que permite você enxergar aquilo que não é capaz (ou às vezes você até enxerga, mas é difícil admitir).


O tarot é perigoso? Tarot é do mal? Saiba tudo aqui!


Eu confesso que dou risada quando vejo gente falando que o tarot é do diabo. Gente, não! O tarot não é do diabo, até porque ele não pertence a uma religião específica, isto é, não há um dogma que envolve o tarot.

Ai você fala: "e aquela carta do diabo no tarot ali é o que então?" 


É apenas um arquétipo. O diabo no tarot traz o simbolismo do adversário, daquilo que lutamos contra e que desafia a nossa razão, como os nossos instintos, por exemplo. 

O diabo no tarot representa tudo aquilo que desafia nossa razão e nossa ética, moral e conduta com relação ao mundo.

Ter uma carta com este arquétipo NÃO significa que o tarot não tem vínculo algum com a bruxaria, nem com magia, nem com catolicismo!

Na verdade, nem é necessário pertencer a uma religião para se jogar cartas de tarot. É necessário apenas a intuição forte e muito estudo para compreender seus significados e seus arquétipos.

Eu considero o tarot uma espécie de idioma não verbal, onde há uma combinação de imagens, arquétipos e símbolos místicos que nos trazem uma mensagem específica e direta para aquela pergunta ou situação. 

Quanto mais você estuda ele, mais você descobre que não sabe é nada. Por isso, o tarot requer estudo e dedicação constante para se atingir um alto nível de interpretação.

O tarot nunca erra! 

Para mim, eu acredito que o tarot jamais erra uma resposta. É capaz que nós, intérpretes, erremos e nos enganamos com informações manipuladas ou mal interpretadas devido nosso emocional ou racional interferir diretamente na tiragem, mas o tarô em si, sempre vai se verdadeiro com você. 

E quantas vezes eu fechei os olhos para as respostas das cartas e acontecia justamente aquilo que eu vi, mas não queria aceitar.

Por isso, eu sempre falo que é bom tirar cartas para si. Mas evite fazer isso, principalmente se tiver muito mexida emocionalmente! 

O fato de lermos para nós mesmos pode nos colocar em uma enganação e não interpretamos as cartas da forma correta. Peça para que outra pessoa sem vínculo emocional com a situação faça a tiragem para você.

Por isso fazer tiragens de tarot com profissionais sérios se torna necessário para que não lhe passem a informação errada. Eu mesma não costumo tirar cartas para mim, somente tiro para questões de estudo, mas eu evito ao máximo, porque a minha mente e emocional podem distorcer a resposta.

Gostou do conteúdo?


Não copie, compartilhe nas redes sociais, dê uma forcinha para valorizar o conteúdo do Grymora. Aproveite também e veja o conteúdo restante do blog. Temos simpatias, feitiços, tabelas de ervas e muito mais.



PS: Não deixe de acompanhar nossa página do instagram, onde posto tiragens coletivas semanalmente e no Youtube. Aproveite e curta nossa página no Facebook para ficar sabendo das novidades em primeira mão!

📝 Postado por Gabi

Sou a fundadora deste cantinho especial chamado Grymora, desde 2020. Taróloga e bruxa natural apaixonada pelo mundo da escrita desde 2008.



Você também irá gostar de ler ♥

0 comentários

A cópia total, parcial ou adaptação deste artigo é proibida de acordo com a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Não copie, compartilhe! Dê valor ao conteúdo gratuito de qualidade.

Comentários de mau gosto serão EXCLUÍDOS.