Pode comprar objetos USADOS no brechó para finalidades mágicas?

domingo, dezembro 13, 2020

Esses dias estava vendo algumas coisas no Enjoei para comprar para meu altar e lembrei deste assunto que muita gente fala sobre não comprar "coisas usadas que já passaram pelas mãos de outras pessoas".



pode comprar objetos usados no brechó para fins mágicos?
Pelo amor de todos, ignorem minhas unhas hahaha tudo cagada de henê


E o quanto isso não tem o menor sentido, porque sabemos que tudo que é vendido a nós passaram por diversas mãos até chegar a loja e irmos comprar.

Aí você pode dizer "ah, mas pode ficar a energia do fulano que usou e é bem diferente de um produto que foi tocado por alguns minutos por um artesão ou operário de uma indústria".

E se eu te falar que é a mesma coisa?

Tocar um objeto por alguns minutos já é o suficiente para absorver ou transmitir energia para ele. Inclusive se usam cristais com essa finalidade: tocá-los por alguns minutos a fim de obter maior clarividência, repelir um tipo de energia específica, etc.

E é aí que está a importância de limpar os cristais e programar.

Além disso, há o fato de que pessoas estressadas e desanimadas provavelmente tocaram no seu objeto durante a fabricação.

E é muito mais fácil um operário de uma indústria estar com a energia carregada do que o antigo dono da peça que você deseja comprar no brechó.

Por isso, desencane dessa de que se você comprar um objeto no brechó vai vir "carregado" com alguma coisa e você não poderá usar por isso.

Tudo é carregado, inclusive aquela peça linda que você compra novinha na Zara, fruto de um belo trabalho escravo de exploração e sofrimento de diversos seres humanos. Percebe isso?

Portanto, defenda o brechó!!!

O brechó é um espaço onde podemos dar uma segunda chance a peças boas, bonitas e de qualidade que iriam para o lixo simplesmente pelo fato de que o antigo dono desapegou, por qualquer motivo que seja, não interessa!

O importante é que você terá uma peça de qualidade e, de quebra, evita que seja criado mais lixo no mundo comprando objetos novos.

Claro, há exceções que devemos evitar, mas isso irei abordar no próximo tópico!

Tá, mas e sobre comprar objetos para finalidades mágicas?

Para finalidades mágicas é a mesma coisa!

Sempre que você sentir alguma dúvida com relação a algo da bruxaria, pense nas bruxas do passado, que precisavam adaptar seus instrumentos mágicos para manter suas crenças em dia e não serem perseguidas pelos inquisidores.

Você acha mesmo que ela estava se importando se o caldeirão era industrializado ou não (até porque não existia indústria ainda)?

Quem faziam os objetos mágicos na Idade Média eram artesãos, tudo feito à mão, às vezes levando até meses para ficar pronto. Portanto a energia das mãos do artesão também estava presente nos seus objetos.

Por isso, gente o importante é limpar e consagrar. Para qualquer coisa que você tiver, independente se ela seja nova ou não, o importante é limpar, energizar e consagrar.

Inclusive, eu achei essa semana no brechó um caldeirão lindo, a coisa mais perfeita do mundo, todo de ferro fundido, l litro, pensa na beleza. Estava precisando de uma limpada somente, mas limpando ficaria novinho em folha.

E sim, vou comprar!!!

E como limpar objetos usados para fins mágicos?

Da mesma forma que são limpos os demais objetos comprados como cristais, por exemplo.

Para objetos com finalidades mágicas, devemos redobrar a preocupação com a limpeza e o banimento, mas isso seria necessário de qualquer forma, independente se ele fosse ou não usado.

E se o objeto pertencia a alguém que já se foi ou tem uma energia estranha?


Me diz aí, quantas vezes nós tocamos em objetos, documentos, ferramentas, de pessoas que já se foram e nem sabemos?

Mais uma vez, enfatizo a importância de limpar, banir energizar e consagrar. Isso é fundamental para qualquer coisa, porque a gente nunca sabe quando o objeto está impregnado com uma energia ruim. E isso pode acontecer até mesmo com objetos novos!

Se você nem conheceu a pessoa e mesmo assim quiser muito a peça, recomendo um bom banimento utilizando um ritual mais potente, porque aí pode ter energias acumuladas no objeto e isso pode te afetar.

Se você treina sua intuição, logo que você pegar na peça, sentirá que a energia não é das melhores e, neste caso o melhor é deixar lá, porque você gastará muito tempo e energia banindo uma energia densa.

Agora, se você sabe a quem este objeto pertenceu, por exemplo, a sua avó materna, convém você perguntar a sua avó se ela permite que o objeto seja utilizado por você, assim você pode estabelecer uma conexão com ela, seja da forma que desejar. Pode ser conversando, pode ser através de um oráculo, através dos sonhos, da forma que você preferir.


O que NÃO comprar no brechó para finalidades mágicas?


Como para tudo há exceções, eu evito comprar alguns objetos MUITO pessoais e secretos como:

  • Talismãs, anéis, pingentes e colares com finalidades visivelmente mágicas
  • Bonecos de vudu ou fantoches (meio óbvio né)
  • Imagens de santos, deuses, ciganos, exus e entidades espirituais
  • Objetos que possuem sigilos mágicos, símbolos desconhecidos ou qualquer coisa do tipo. Esse é o mais importante.

Aí vocês vão falar: nossa, mas lá em cima você disse que iria comprar um caldeirão!

Sim, eu disse isso, porém não irei comprar um caldeirão de bruxa, daqueles usados especificamente para isso, irei comprar um caldeirão comum, daqueles que são usados para cozinhar mesmo, sabe?

Comprar um caldeirão de outra bruxa, a qual não conhecia sua conduta e sua índole, pode me trazer problemas ou dificuldades na hora de usar o caldeirão para fazer feitiços, mesmo que eu faça banimentos, limpezas e outros processos simples, nunca saberei a energia exata daquele objeto.

É possível anular a energia de um objeto? Sim, é possível anular sua energia e usar objetos mágicos de outras pessoas, desde que seja feita uma boa limpeza, um bom banimento, uma boa reprogramação. Para isso tem que ter muita concentração e conhecimento sobre o assunto também.

Por isso, ressalto aqui a importância de comprar objetos não mágicos para serem usados como mágicos, por você!

Espero ter sido útil este post. Se você gosta de posts neste estilo, comente, dê uma sugestão que trarei mais conteúdo neste estilo.

E obrigada por ter lido até aqui!
Beijo!


PS: Não deixe de acompanhar nossa página do instagram, onde posto tiragens coletivas semanalmente e no Youtube. Aproveite e curta nossa página no Facebook para ficar sabendo das novidades em primeira mão!


📝 Postado por Gabi

Sou a fundadora deste cantinho especial chamado Grymora, desde 2020. Taróloga e bruxa natural apaixonada pelo mundo da escrita desde 2008.



Você também irá gostar de ler ♥

0 comentários

A cópia total, parcial ou adaptação deste artigo é proibida de acordo com a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Não copie, compartilhe! Dê valor ao conteúdo gratuito de qualidade.

Comentários de mau gosto serão EXCLUÍDOS.