Consulta de tarot!

CONSULTAS DE TAROT


Qual o significado da palavra Bruxa?

domingo, novembro 20, 2022

Normalmente, ouvimos as pessoas se referirem a mulheres "estranhas" ou "maldosas", até mesmo aquelas que não seguem padrões sociais e morais como bruxas ou feiticeiras.

Qual o significado da palavra bruxa? Quem pode ser chamada de bruxa?

Mas você já se perguntou o que é uma bruxa? Ou até mesmo porque as pessoas chamam as mulheres que praticam qualquer tipo de crença ou religião que envolvem práticas pagãs.

Para os homens, há o termo mais popular: o mago. E diferente das mulheres, o homem é chamado mago quando este detém alto conhecimento tanto metafísico e de alquimia. Trata-se de um homem sábio e muito poderoso. É tido como elogio e não como ofensa.

Isso significa que os homens não sofreram na inquisição e perseguição religiosa? Muito pelo contrário, mas que ainda assim, o homem, só por ser homem, tem alguns privilégios sociais, mesmo tendo crenças e práticas pagãs ou atípicas.

Isso é machismo, é claro! Mas o que queremos saber hoje é o porquê que chamamos mulheres de bruxas e porque as bruxas tem uma fama tão negativa no inconsciente coletivo.


As bruxas na idade média

Na idade média, sabemos que a igreja católica era influente e regia a vida de todos, condenando e/ou torturando pessoas que possuíam algum tipo de crença ou prática que era discrepante da religião católica ou aquelas que nem possuiam nada "comprometedor", mas se a pessoa tinha algo diferente ou exótico, era denunciado para a igreja como herege e, assim como muitos outras pessoas que tinham algo diferente, lá estavam as bruxas.

A igreja queimava essas pessoas na fogueira caso elas praticassem qualquer atividade que fugia das regras e dogmas católicos e as bruxas, por serem curandeiras, terem fama de fazer remédios e bençãos espirituais, invocar espíritos e entidades, e até mesmo serem mulheres solteiras, que não queriam se casar ou ter uma vida dentro dos padrões sociais, criou-se uma demonização da bruxaria e suas práticas.

Por isso, até hoje em desenhos animados, filmes, séries e no inconsciente coletivo a mulher maldosa e "comedora de criancinhas" ou a feiticeira feia, com verrugas e verde. Essa forma de ver as bruxas é, até hoje, a forma como o mundo vê a bruxa: de uma forma alegórica e fantasiosa.

E o que significa a palavra bruxa?

O "significado" de bruxa segundo o Google:

bruxa

substantivo feminino

  1. OCULTISMO: mulher que tem fama de se utilizar de supostas forças sobrenaturais para causar malefícios, perscrutar o futuro e fazer sortilégios; feiticeira.
  2. boneca de trapos. 

É uma descrição bem preconceituosa, concorda? A etimologia do nome bruxa é meio difusa, mas há evidências do uso dessa palavra na Itália, "brucia", que significa "a que queima".

Por outro lado, acredita-se que o termo tenha relação com "brixta" que tem um significado semelhante a encantamento, feitiços. Então não se sabe muito bem de onde saiu, mas sabe-se que é utilizado desde o século XII e popularizado na Alta Idade Média por conta da perseguição as bruxas durante a Santa Inquisição.

Mas o que realmente é ser uma bruxa?

Uma bruxa é uma mulher (ou homem, sendo assim um bruxo) que detém conhecimentos esotéricos e pratica magia, não necessariamente pertencendo a algum tipo de religião. Isso significa que a bruxa é um ser humano completamente normal que utiliza das forças da natureza para manipular energias e isso faz dela uma mulher independente e, na visão dos preconceituosos, perigosa.

Os conhecimentos esotéricos podem ser: alta magia, tarot, herbalismo, astrologia, necromancia e muitos outros conhecimentos que envolvem o ocultismo e a magia.

A necessidade de ressignificar o nome bruxa atualmente

Ser bruxa nunca foi sinônimo de ser mal. Essa é a maior mentira a respeito das bruxas. Somos apenas mulheres livres e normais, que pssuem sim seus problemas, suas limitações e também suas qualidades, assim como qualquer ser humano. 

Da mesma forma que um cristão utiliza sua bíblia para rezar ou benzer, as bruxas usam suas ervas e seus caldeirões para curar, limpar, banir e atrair energias. As bruxas foram e continuam sendo uma forma de mostrar ao mundo que as mulheres podem e devem ser livres. 

Por isso, antes de chamar uma mulher de bruxa, analise se ela realmente merece ser chamada desse jeito! É uma mulher poderosa, inteligente, dona de si e habilidosa nas artes esotéricas? Então você pode chamá-la de bruxa, afinal não é ofensa! Pelo contrário!

Sobrou alguma dúvida sobre este post? Não se esqueça de comentar abaixo!  

Gostou do conteúdo?


Não copie, compartilhe nas redes sociais usando esses botões abaixo, dê uma forcinha para valorizar o conteúdo do Grymora. Aproveite também e veja o conteúdo restante do blog. Temos simpatias, feitiços, tabelas de ervas e muito mais. Sobrou alguma dúvida? Comente no final deste post!



PS: Não deixe de acompanhar nossa página do instagram, onde posto tiragens coletivas semanalmente e no Youtube. Aproveite e curta nossa página no Facebook para ficar sabendo das novidades em primeira mão!

📝 Postado por Gabi

Sou a fundadora deste cantinho especial chamado Grymora, desde 2020. Taróloga e bruxa natural apaixonada pelo mundo da escrita desde 2008.



Você também irá gostar de ler ♥

0 comentários

A cópia total, parcial ou adaptação deste artigo é proibida de acordo com a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Não copie, compartilhe! Dê valor ao conteúdo gratuito de qualidade.

Comentários de mau gosto serão EXCLUÍDOS.