A importância de se viver no presente

sexta-feira, abril 02, 2021

Às vezes tenho uns insights intuitivos a respeito de algumas filosofias de vida e trago para o blog porque eu imagino que possa ajudar alguém a refletir sobre o assunto.



Pensei sobre este assunto porque amanhã é dia do resultado do Enem e tenho um parente que continua estudando assiduamente para a próxima prova que ele nem sabe se vai prestar este ano novamente, porque segundo ele, está se precavendo caso tire uma nota baixa nesta prova.

Ele nem sabe a nota dele do Enem ainda, mas só pelo fato de não ter sido aprovado no primeiro vestibular que prestou, ele acha que no enem também não será aprovado.

E isso diz muito sobre o quanto vivemos dias, meses e até anos a frente do que deveríamos. Isso é doentio, cara!

Veja bem, essa pessoa tem (pasme) menos de 20 anos. Nem começou a viver direito ainda. É imatura emocionalmente e ainda tem muito o que aprender.

Hoje é domingo e ele tá lá estudando, ansioso e preocupado.

Está um dia incrível para sentar, aproveitar as árvores, a natureza, os animais.

Porque ele não se preocupa com o que está acontecendo agora, o presente? Porque essa necessidade absurda de viver a frente do seu tempo, de adiantar a vida, mas para quê, com que intuito?

O que é viver bem, positivamente, de forma saudável sem abandonar os seus objetivos e jogar tudo para o alto?

Obviamente, esse comportamento que temos de querer tudo para hoje e agora só se reforçou com as redes sociais.

Antigamente, uma pessoa de 25 anos trabalhava em uma empresa em uma profissão mediana e estava tudo bem.

Era tudo bem você ser mediano.

A única comparação que ela tinha era com a televisão, astros de novela e, talvez, um o outro profissional famoso por aí.

Hoje não é mais assim. Abrimos as redes sociais e nos deparamos o tempo inteiro com histórias de muito sucesso em pouco tempo.

É gente com 22 anos que já conquistou casa, carro, dinheiro, fama, fala três idiomas, viajou o mundo e tem milhares de seguidores. 

Mas ninguém sabe suas derrotas e seus perrengues (ou quanto dinheiro essa pessoa já tinha disponível para toda essa ostentação).

A gente só vê sucesso, dinheiro rápido, vida boa e perfeita, rostos perfeitos, tudo em pouco tempo, com pouca idade.

As redes sociais tem nos deixado viciados em querer que as coisas aconteçam imediatamente. Queremos chegar aos 20 anos com milhares de títulos, ostentações e status social.

E a vida real infelizmente não é assim. Sabemos disso.

Por isso, o assunto de hoje é: viver no presente. Nem no futuro, nem no passado. No agora!

Sim, neste exato momento em que você lê este post, este é o único momento real e possível.

Os demais são apenas memórias ou projeções de nossa mente.

Isso significa que você não possui total controle sobre o que vai acontecer no seu futuro, assim como você também não tem mais nenhum controle sobre o que já aconteceu.

Então porque ficar se preocupando com que aconteceu ou com o que pode acontecer, sabendo que você não tem o menor controle sobre isso?

Obviamente eu não estou dizendo aqui que você deve jogar tudo para o alto e desistir da vida, esperar que caia tudo do céu, percebe?

O que eu almejo aqui é equilíbrio. Lute sim pelas suas conquistas, faça o que ama, corra atrás dos seus sonhos! Mas também perceba quando é hora de se dar um tempo, parar para refletir, se permitir descansar, observar o que está acontecendo em tempo real.

Você saberia me dizer agora mesmo, sem olhar, quantas coisas aconteceram ao seu redor neste exato momento. A formiga que passou ali na frente, a planta que balança devagar, fazendo um som suave e agradável, o gatinho olhando para o céu, procurando um passarinho, o canto do passarinho lá fora, a brisa que bate na cortina.

Aprenda valorizar esses pequenos momentos de paz, plenitude. Você provavelmente não dá muito valor a esses momentos, mas deveria.

A gente só passa a dar valor a esses momentos de paz e silêncio quando nos deparamos com o caos, o barulho, a turbulência emocional.

Faça este desafio.

Busque viver no presente, 100% entregue ao momento real.

Você vai ver quantas coisas lindas e legais estão acontecendo neste momento. E no futuro você vai lembrar delas com carinho.

É isso, até o próximo post de reflexão.
Beijo!



📝 Postado por Gabi

Sou a fundadora deste cantinho especial chamado Grymora, desde 2020. Taróloga e bruxa natural apaixonada pelo mundo da escrita desde 2008.



Você também irá gostar de ler ♥

0 comentários

A cópia total, parcial ou adaptação deste artigo é proibida de acordo com a lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Não copie, compartilhe! Dê valor ao conteúdo gratuito de qualidade.

Comentários de mau gosto serão EXCLUÍDOS.